NEGLIGÊNCIA! Paciente entra na justiça contra a prefeitura por erro medico!!!

Share:

O senhor E. S. S. entrou contra a Prefeitura de Imperatriz, com uma Ação de Danos Morais e Estéticos por Vícios na Prestação de Serviço Hospitalar! O requerente alega que sofreu um acidente em outubro de 2018, onde teve fratura exposta no antebraço direito, a cirurgia só feita em meados de novembro! Na cirurgia foi colocado uma platina. 

O retorno foi marcado para meados de janeiro de 2019, onde o paciente falou para o medico, que estava saindo um pedaço de osso do seu braço, em meados de fevereiro ele retornou pela segunda vez, ocasião em que a platina foi retirada, o médico informou ao requerente que nessas cirurgias, era normal sair pedaço de osso. 


Após seis meses o paciente sentindo fortes dores, foi diagnosticado com uma bactéria, que segundo ele, foi adquirida no Hospital Socorrão. 

O paciente se encontra hoje com o braço paralisado, ele acredita que foi pelo descaso do município, "o requerente é somente mais uma dentre “milhares de pessoas” que necessitam de um atendimento médico de qualidade no município, sendo obrigado a se contentar com descaso do atendimento, principalmente no que diz respeito ao “Socorrão” alegações de sua defesa. 

Após constatar que o antebraço estava com infecção ocasionado por bactéria, chegando a causar necrosamento, o Socorrão fez um procedimento cirúrgico para raspagem e limpeza do local com a retirada do tecido necrosado, o paciente acabou ficando com o braço deformado. 

O requerente esta pleiteando junto a justiça:

- R$ 50 mil reais por danos morais

- R$ 50 mil reais por danos estéticos

- R$ 1.463,00 reais de pensão com base no salário da categoria de pedreiro 

Nenhum comentário