Tem uma cabeça de burro enterrada na Ciretran, nem a famosa AGEMSUL conseguiu desenterrá-la!!!

Share:
Só melado na boca dos imperatrizenses!

Mesmo quando João Kleber esteve a frente da Ciretran de Imperatriz, o órgão não conseguiu deslanchar, não por má vontade dele, a competência de João Kleber é inquestionável, o problema é que o órgão é travado em São Luis, falta boa vontade da direção estadual e principalmente, falta boa vontade do governador Flávio Dino em resolver os antigos problemas de uma vez. 

Por falta de servidores no órgão, os despachantes foram limitados a 10 processos por dia cada um, isso mesmo, não podem pegar mais do que isso, porque lá só tem duas pessoas se revezando para atendê-los. 

A Ciretran de Imperatriz, atende cerca de 19 municípios, vejam quantos despachantes temos em todos esses municípios, outro fato antigo que tanto tem atrapalhado o bom desempenho da Ciretran, aqui continua não emitindo a segunda via do CRV, é preciso que um servidor escaneia e mande pra São Luis, uma vergonha, Açailândia muito menor já emite, o antigo Centro do Augusto, hoje Augustinópolis, no Tocantins, emite há muito tempo. 

Todos acreditavam que a AGEMSUL teria poderes para resolver esses problemas, mas a tal agencia ficou somente pra cabide de empregos do povo do Ildão, Frederico Ângelo e cia, tiveram seus problemas resolvidos, a cidade não. 

Imperatriz é sempre esquecida, só é lembrada em época de eleição!!!

Nenhum comentário