No governo dos comunistas, errado não é quem comete o erro, é quem denuncia!!!

Share:

Por Gilbérto Léda - Uma servidora da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) foi exonerada depois de denunciar regalias a uma detenta em Davinópolis, cidade da Região Tocantina.


A informação é de reportagem do Cidade Alerta, da TV Record, exibida nesta semana.


Cícera Teotônio está presa por homicídio – ela é acusada de ter assassinado o ex-marido, Pedro Ventura, em 2015 -, mas não usava uniformes e fazia até festas dentro do presídio.


A servidora denunciou o caso e, curiosamente, foi exonerada horas depois. O Ministério Público agora investiga o caso.


Veja a reportagem.


[embed]https://youtu.be/S1r4e7TOyE0[/embed]

Nenhum comentário