Ex prefeito Madeira, diz que Tribunal de Justiça antecipou votação

Share:

O ex prefeito Sebastião Madeira, entrou em contato com o Blog, e disse que o Tribunal de Justiça do Maranhão antecipou sem publicar no Diário da Justiça, a votação da ação que manteve a sentença que o condenou a perda à perda da função pública, ao pagamento de multa civil equivalente a 10 vezes o valor da remuneração do cargo de prefeito no ano de 2009, além da suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cinco anos. Como não foi avisado, correu a revelia, ou seja, não houve defesa. Madeira disse que vai recorrer da decisão e pedir que haja um novo julgamento.

Nenhum comentário