Contrato da empresa de lixo acaba no final desse mês, como ficará a cidade?

Share:


Esse negócio de coleta de lixo, já deu pra cabeça de prefeitos e parece que vai continuar dando. Essa semana o ex prefeito Madeira teve sua condenação mantida pelo Tribunal de Justiça, numa Ação Civil Pública de Responsabilidade por Atos de Improbidade Administrativa, ajuizada pelo Ministério Público, por ter contratado com dispensa de licitação a empresa de limpeza publica Limp Fort. Por conta dessa decisão, Madeira ficará inelegível por 5 anos, além de pagar multas e não poder exercer cargo publico. No final do Governo Madeira, já no período de transição, a empresa Brasmar Limpeza Urbana Ltda, garfou um contrato em caráter emergencial, ou seja, sem licitação, de R$ 9.260.100,00 reais por um período de 6 meses, de 28/11/2016 a 27/05/2017. O contrato vence no final desse mês, e até agora nenhuma licitação foi feita, isso quer dizer que o prefeitão vai prorrogar esse contrato ou vai contratar outra empresa sem fazer licitação. No despacho do Tribunal de Justiça na ação que manteve a condenação do ex prefeito Madeira, a desembargadora diz: "A contratação de serviços de limpeza urbana não é fato imprevisível a qualquer administrador, pois se trata de atividade rotineira e permanente, que não configura emergência e não se submete às hipóteses de exceção previstas na Lei de Licitações. O Blog teve a informação que já existe outra empresa sendo preparada, a coisa é pra BOTAFOGO. Serão várias empresas se juntando pra formar uma, uma entra com a papelada, outra entra com as caçambas. Alguns Blogueiros e Juristas estão só esperando a publicação do contrato pra entrarem com representação na Procuradoria em São Luis. Desta vez não vai ter pro Luizinho, nem Huguinho e muito menos o Zezinho.

Nenhum comentário