Continua a perseguição

Share:


O BLOG fez várias denuncias sobre o seletivo da SEDES, apenas a Fisioterapeuta Graziela Jales foi cortada, as outras pessoas foram aprovadas. Graziela é irmã da Diretora Administrativa do Socorrão, Mariana Jales. Parece que a questão é pessoal, mesmo Mariana tendo o reconhecimento do seu trabalho, ela tem sofrido perseguição. Primeiro ela foi rebaixada de cargo e salário, antes ela era diretora geral do Socorrão, com salário de R$ 12 mil reais, caiu pra diretora administrativa com salário de R$ 7 mil reais, e agora sua irmã foi cortada.

Nenhum comentário