Flávio Dino continua a perseguição em cima dos empresários, agora a bola da vez são os Micro-Empresários.

Share:

flavio-dino-ditador


O Governo Flávio Dino parece que não ficou satisfeito com o aumento da carga tributária, o ICMS que era 17% passou para 18%, mas ele quer mais, a bola da vez agora são os micro-empresários. Flávio Dino mandou para a Assembleia Legislativa um Projeto de Lei, PL 161/2016, o projeto institui multa diária de 0,33% sobre o valor devido do ICMS, isso da 10% ao mês, pense num governo que gosta de empresário. O governo vai precisar arrecadar muito, pois só a previsão de aumento da folha de pagamento para 2017 é de R$ 700 milhões de reais, alguém vai ter que bancar o luxo dos comunistas, e o governo escolheu logo os pobres coitados dos micro-empresários. Desse jeito o Colunável não vai ganhar nem pra inspetor de quarteirão. O Deputado Estadual Adriano Sarney votou contra o projeto, veja o que disse o nobre deputado:


“O comerciante, o empresário em geral, está sendo esmagado por aumentos de impostos em plena crise econômica. Está sufocado pela fiscalização implacável da Secretaria de Fazenda, que sai em busca de recursos para bancar os rombos do orçamento público e prejudica a iniciativa privada”,destacou.

“Por isso que o PIB do Maranhão está caindo cada vez mais. O governo comunista precisa aprender que o que gira a nossa economia são os trabalhadores. E tem que parar de perseguir os comerciantes, os empresários deste Estado. Ao invés de criar multas e aumentar impostos, o governo deveria começar a incentivar a iniciativa privada e entender o atual momento em que vivemos. Apertar o pequeno empresário só trará mais desemprego e falências ao Maranhão”, concluiu Adriano Sarney.

Nenhum comentário