Assaltante tirado da cela por Assis Ramos para ser churrasqueiro em festa, acabou sendo executado com vários tiros em Santa Inês

Share:

Veja trechos da matéria publicada hoje (01) no Jornal Correio Popular, sobre a morte do "churrasqueiro do candidato honesto":


delegado-assis-churrasqueiro

"Candidato a Prefeito de Imperatriz, o delegado de São Pedro da Água Branca, Assis Ramos (PMDB), cuja plataforma é a defesa da moralidade e da honestidade, foi investigado em 2011 por ter liberado Doriel, que era detento na delegacia de Pedreiras, para servir de churrasqueiro em uma confraternização de final de ano com policiais da região".


"Curiosamente, a morte do assaltante Antonio Doriel Santos Vieira de 32 anos, morador da Travessa Capitão Ascenso, centro de Bacabal, não teve praticamente nenhuma repercussão na imprensa. Processado por vários crimes, Doriel, foi executado com cinco tiros (um na nuca, dois na barriga e outros dois no ombro), em 05 de maio de 2014, dois anos depois de ter sido retirado da cela da delegacia de Pedreiras, pelo Delegado Assis Ramos, para servir como churrasqueiro em uma confraternização de final de ano de policiais daquela regional"

Nenhum comentário