Flávio Dino pagou mais R$ 460 mil a empresa de táxi aéreo no dia do impeachment

Share:

Deu no Gilberto Léda


extrato heringer


Depois de desembolsar R$ 2,5 milhões à Heringer Táxi Aéreo, que aluga aeronaves para o Executivo (reveja) – justamente em meio ao processo de impeachment e às constantes viagens do governador Flávio Dino (PCdoB) a Brasília para trabalhar pela defesa do mandato da presidente Dilma Rousseff (PT) -, o Governo do Maranhão seguiu reforçando o caixa da empresa.


Exatamente no dia em que o Senado aprovou a instauração do processo de impedimento e o consequente afastamento da petista, o comunista autorizou o pagamento de R$ 461.024,60.


Com isso, os desembolsos à Heringer já chegam a quase R$ 3 milhões só nos cinco primeiros meses do ano, o que ganhou repercussão depois de o Blog do Gilberto Léda revelar que enquanto a empresa de táxi aéreo já recebeu toda essa grana, a Central de Hemodinâmica de Imperatriz, que funciona no Hospital São Rafael, precisou suspender os exames que fazia pela rede pública por falta de pagamento (leia mais).

Nenhum comentário